telefone glovo

Todo serviço de atendimento ao consumidor (SAC) da Glovo deve ser realizado pelo aplicativo. A empresa não disponibiliza telefone para contato com o público.

SAC é o Serviço de Atendimento ao Consumidor das empresas prestadoras de serviços e vendedoras de produtos. O objetivo deste canal de comunicação  é resolver as demandas dos consumidores sobre dúvidas, reclamações, cancelamentos, etc. O contado do cliente com o Serviço de Atendimento ao Consumidor deve ser gratuito, isto é, o atendimento das solicitações dos consumidores não pode resultar em qualquer custo.

Quanto à qualidade do atendimento, o SAC deverá obedecer aos princípios da boa-fé, transparência, eficiência, celeridade e cordialidade, além disso, o atendente que lhe prestará o serviço deverá ser totalmente capacitado para lhe prestar o melhor atendimento possível. Você também possui o direito de ter seu contato transferido do atendente do SAC para o setor competente da empresa, que seja devidamente capacitado a atender os seus questionamentos.

O canal de atendimento ao consumidor pode ser implementado de diversas formas tais como canal telefônico, chat online, email e redes sociais. O importante é saber que todo cliente quer e tem o direito de ser bem atendido, seja lá qual for o produto ou serviço que estiver adquirindo.

SAC e Ouvidoria

É muito comum que os consumidores não entendam a diferença entre SAC e Ouvidoria. O Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) é a forma direta de comunicação entre cliente e empresa para a resolução de problemas e dúvidas. Já a ouvidoria é um canal mais amplo do atendimento ao consumidor. A ouvidoria funciona como se fosse um coletivo de possibilidades que o cliente pode acessar, inclusive em órgãos de defesa do consumidor, antes de entrar de fato com um processo na justiça contra a empresa.

O contato com a ouvidoria deve ser a última tentativa de contato do cliente com a empresa antes de um processo judicial ser iniciado. Para ter acesso à ouvidoria, um cliente precisa primeiramente entrar em contato com o SAC. Se o atendente do SAC não solucionar o problema do cliente, o mesmo deve entrar em contato com a ouvidoria. Finalmente, se o canal de ouvidoria não resolver o problema, o cliente deverá acessar o órgão regulador da categoria ou ir à justiça para garantir seus direitos.

Como Entrar em Contato com o Glovo?

O Glovo é uma plataforma de pedidos e entregas com sede em Barcelona que está transformando o acesso do consumidor a bens locais, permitindo que qualquer pessoa receba praticamente qualquer produto entregue em menos de 60 minutos. A startup espanhola promete entregar qualquer produto ou item por meio de um aplicativo para celular em até 40 minutos. Comida, medicamentos, roupas, e até documentos podem chegar até o cliente que utilizar o recurso. A proposta do app é oferecer ao cliente um local para comprar itens diversos, comercializados por lojas, restaurantes, floriculturas, petshops e farmácias parceiros. Caso queira entrar em contato com o atendimento da Glovo, deve-se usar um dos seguintes canais:

1 – Entrar em Contato com a Glovo Através de Telefone

Gostaria de fazer solicitações, sugestões ou reclamações? A forma mais direta para entrar em contato com a Glovo é através da Central de Atendimento do App pois a empresa não possui telefone de atendimento ao consumidor.

2 – Ouvidoria Glovo

Infelizmente a empresa Glovo não possui um serviço de ouvidoria. Solicitações devem ser feitas diretamente em um dos canais já informados anteriormente (telefone, email e formulário fale conosco). Não se preocupe, a empresa possui uma equipe treinada para solucionar todas os problemas na prestação de serviços.

3 – Reclamações Glovo

É importante lembrar que toda empresa possui problemas nos seus serviços e produtos, e com a Glovo não seria diferente. Mas a empresa tenta superá-los de forma rápida para melhor atender seus clientes. Sendo assim, a sua participação, de forma mais efetiva, relatando as problemas e sugerindo melhorias, é fundamental para que a empresa aperfeiçoe seus processos.

4 – Entrar em Contato com o Glovo nas Redes Sociais

Se nenhuma das opções de contato apresentadas até aqui não lhe serviu, a última tentativa seria entrar em contato com a Glovo pelas redes sociais:

O Facebook Messenger é uma ótima alternativa pra você que gosta de utilizar o chat do Facebook, mas não quer ou não pode ter distrações com os feeds de notícias ou outras que possam te atrapalhar durante o trabalho ou a aula, sabe? Então, basta você acessar o aplicativo pelo navegador e utilizar somente a plataforma de mensagens instantâneas. Simples, né? E tem mais! Acessar o app pelo PC é bem fácil. Você só precisa entrar com o login e a senha da sua conta pessoal da rede social e pronto.

O Facebook Messenger ainda tem os mesmos padrões de sua interface original encontrada na plataforma e oferece uma navegação visualmente fácil e intuitiva. E ele se destaca pelos serviços que permitem enviar mensagens de voz e arquivos como fotos, áudio e vídeo de um jeito bem simples. Pra completar, o aplicativo oferece suporte pra você fazer ligações de áudio e vídeo. Legal, né? E o melhor, de forma totalmente gratuita. Ah, e utilizando o Facebook Messenger você também pode compartilhar conteúdos multimídia de forma muito ágil e acessando rapidamente os contatos que tenha registrados em sua conta.

Canais de Reclamações dos Consumidores

Sabemos que os canais de atendimento ao consumidor (SAC) e serviços de ouvidoria das empresas deveriam ser suficientes para o consumidor resolver todas suas questões. Mas nem sempre as empresas atendem os clientes da forma adequada. Pensando nisto, preparamos uma lista de canais de reclamação que todo cidadão pode usar para realizar reclamações a respeito de produtos e serviços.

Procons

Os Procons são órgãos vinculados aos governos estaduais que atuam na defesa dos direitos dos consumidores. Os procedimentos variam de acordos com os estados, mas há características comuns. Qualquer pessoa física ou jurídica pode fazer reclamações, que devem ser oficializadas por meio do site www.consumidor.gov.br ou presencialmente nas sedes e postos de atendimento. Não há cobrança de taxas para o auxílio. Alguns Procons possuem sistemas próprios para receber reclamações pela Internet, como é o caso do de São Paulo.

Os órgãos atuam em qualquer relação de consumo, com algumas exceções. No caso do Procon DF, a assistência não ocorre em casos de venda entre particulares, relação entre locador e locatário, multa de trânsito e relação entre advogado e cliente, entre outros. Para fazer a reclamação, é preciso apresentar documento de identificação, comprovante de residência, comprovante da relação de consumo (nota fiscal, recibo, contrato) e outros documentos (como boleto, garantia etc…).

Consumidor.gov.br

O Portal do Consumidor é um recurso criado pelo Ministério da Justiça como parte do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor. A pessoa pode registrar uma queixa e a empresa tem até 10 dias para responder. Esse procedimento só é válido para aqueles fornecedores cadastrados no site. Ou seja, o serviço depende de uma adesão voluntária das companhias.

O portal serve como um canal de comunicação e, no período de 10 dias, a empresa pode dialogar com o consumidor. Ao fim do prazo, precisa dar uma resposta à demanda. Já a pessoa que apresentou a reclamação pode comentar o retorno e dizer se considerou a situação resolvida. Se o problema não for resolvido, o Ministério não promove outro tipo de sanção ou processo administrativo.

Agências Reguladoras

Em serviços regulados, como telecomunicações, transportes aéreos, planos de saúde, as agências reguladoras disponibilizam auxílio a consumidores que não conseguem resolver problemas diretamente com as empresas fornecedoras.

Antes de acionar a Agência, o consumidor deve formalizar o problema junto à operadora e anotar o número de protocolo. Feita a denúncia, a instituição aciona a operadora, que tem até cinco dias úteis para dar uma resposta. Caso o problema não seja solucionado, a pessoa pode reabrir a demanda.

Juizados Especiais Cíveis

Para quem recorre à Justiça, a alternativa mais simples é entrar com uma reclamação em um juizado especial cível, que são instâncias específicas dos tribunais de Justiça de cada estado. Pessoas físicas com mais de 18 anos, micro e pequenas empresas e organizações da sociedade civil podem acessar este recurso.

As reclamações têm limite de 40 salários mínimos. Se o valor da causa for maior, o consumidor só poderá receber até este limite. Se o caso for de valor de até 20 salários mínimos, não é necessário contratar advogado. No entanto, se o valor for superior, a presença deste profissional passa a ser necessária. Os custos de um advogado são definidos em tabelas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de cada estado.

As reclamações devem ser feitas por escrito, com cópias de documento de identidade, CPF, comprovante de residência e outros documentos que embasem o processo. É preciso ter também dados da pessoa acionada, como nome, endereço, nacionalidade e profissão.

Os juizados especiais buscam resolver os processos por meio de acordos. Para isso são chamadas audiências de conciliação. Caso não haja consenso, o juiz responsável pode determinar uma sanção se considerar que o consumidor está correto em seu pleito.

Justiça Comum

Outra opção é apelar à Justiça para resolver um impasse em uma relação de consumo. O consumidor pode recorrer aos juizados especiais cíveis ou acionar o Tribunal de Justiça do seu estado. Para isso, independentemente do valor da causa, é preciso contratar um advogado. Mas nem sempre o juizado especial é mais rápido, pois a agilidade depende da fila de processos.

Site Reclame Aqui

O site Reclame Aqui é um site brasileiro de reclamações contra empresas sobre atendimento, compra, venda, produtos e serviços. É um serviço gratuito, tanto para os consumidores postarem suas reclamações quanto para as empresas responderem a elas. Trata-se de um site no qual consumidores fazem um cadastro de seus dados pessoais e podem enviar reclamações. A política de privacidade do site não permite a identificação do consumidor na publicação das páginas, pois as reclamações feitas são indexadas por motores de busca e visíveis para consulta. O acesso aos dados que foram cadastrados pelo cliente ocorre apenas com a empresa envolvida, para facilitar a busca da resolução do problema. Assim, é transmitida à empresa envolvida um e-mail com os detalhes, caso ela possua um cadastro para respostas no site.

Com os dados gerados, são obtidos rankings automatizados e o Reclame Aqui faz uma avaliação da empresa utilizando diversos critérios próprios. O status máximo de uma empresa no site é possuir o Selo RA 1000, o qual também possui critérios específicos. Os consumidores podem, depois de terem suas questões respondidas pelas empresa, indicar que o problema foi resolvido ou não, além de ter o direito a réplicas e, ao final, mostrar por meio de smiles a sua opinião sobre a resposta da empresa reclamada. A descrição do problema que o cliente publica é avaliada por uma equipe do site antes de ser publicada. Isto ocorre pois sua política não permite conteúdo ofensivo na redação dos usuários

Fonte

7 thoughts on “Telefone Glovo

  1. Infelizmente temos tidos inúmeros problemas com os motoboys do aplicativo “Glovo”. Os funcionários, devidamente uniformizados com as logos da empresa, insistem em se aglomerar nas dependências do Posto, sem nenhum acordo comercial com os mesmos, ou com a empresa responsável.

    Devido a grande aglomeração dos MOTOBOYS, recebemos diariamente reclamações de nossos clientes, que enfrentam dificuldades para entrar em nossa conveniência, e estacionar seus veículos em nosso patio.

    Vale ressaltar que o estacionamento do Posto, é de uso exclusivo para clientes. Os entregadores que aglomeram-se nas nossas dependências, não vieram buscar nenhuma mercadoria de nossa loja. Dessa maneira, atrapalham o fluxo de clientes, e geram prejuízos para nós.

    Sendo assim, gostariamos de um retorno da empresa, para que possam orientar seus entregadores a não permancerem em nosso estabelecimento durante seu horario de trabalho.

    Grato,

  2. Já reclamei mil vezes e agora recebi um email falando que a empresa não está mais no Brasil.
    Ou seja, não devolvem meu dinheiro que cobraram errado e ainda não respondem.
    Péssimo!

  3. Fizemos uma parceria com a Empresa de aplicativo de serviços de alimentação, Glovo. Tivemos vendas efetuada, eles nos enviaram as notas fiscais para conferirmos se foi aquilo mesmo que tinha sido vendido porém a empresa fechou aqui no Brasil e não nos pagou a parte que teríamos que receber dos produtos vendidos!

  4. Recebi a fatura do meu cartão de crédito com uma cobrança de R$ 109,40
    “GLOVOAPP BRASIL PLATAF”, nunca tive este aplicativo, não fiz nenhum tipo de cadastro, nunca usei.

  5. Recebemos um e-mail informando que o repasse do pagamento pelos serviços prestados seria realizado no dia 20/03/2019, o que não ocorreu. Enviamos diversos e-mails e só recebemos uma mensagem automática nos informando que entrariam em contato dentro de 24hs, o que também não ocorreu. Tentamos contato via telefone que nos foi deixado, a ligação nem completa. Aguardo posição da empresa.

  6. Eu tinha um estorno de 20 reais + frete grátis no aplicativo, e o app simplesmente foi cancelado no brasil. Quero meu dinheiro de volta.

  7. Na internet informa que meu endereço está dentro da área de cobertura, quando tento utilizar e o mesmo transtorno de sempre informam que não atende, mas como no site informa uma coisa é no aplicativo outra? Muito decepcionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.