telefone groupon

O atendimento ao consumidor pode ser implementado de diversas formas tais como canal telefônico, chat online, email e redes sociais. O importante é saber que todo cliente quer e tem o direito de ser bem atendido, seja lá qual for o produto ou serviço que estiver adquirindo. No caso da Groupon, o horário de atendimento é de segunda a sábado de 8h às 22h e domingos/feriados de 8h às 20h. Se você é do Rio de Janeiro pode ligar no número (21)3500-8742. Demais localidades ligam no número (11) 3197-6550.

SAC é o Serviço de Atendimento ao Consumidor das empresas prestadoras de serviços e vendedoras de produtos. O objetivo deste canal de comunicação  é resolver as demandas dos consumidores sobre dúvidas, reclamações, cancelamentos, etc. O contado do cliente com o Serviço de Atendimento ao Consumidor deve ser gratuito, isto é, o atendimento das solicitações dos consumidores não pode resultar em qualquer custo.

Quanto à qualidade do atendimento, o SAC deverá obedecer aos princípios da boa-fé, transparência, eficiência, celeridade e cordialidade, além disso, o atendente que lhe prestará o serviço deverá ser totalmente capacitado para lhe prestar o melhor atendimento possível. Você também possui o direito de ter seu contato transferido do atendente do SAC para o setor competente da empresa, que seja devidamente capacitado a atender os seus questionamentos.

SAC e Ouvidoria

É muito comum que os consumidores não entendam a diferença entre SAC e Ouvidoria. O Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) é a forma direta de comunicação entre cliente e empresa para a resolução de problemas e dúvidas. Já a ouvidoria é um canal mais amplo do atendimento ao consumidor. A ouvidoria funciona como se fosse um coletivo de possibilidades que o cliente pode acessar, inclusive em órgãos de defesa do consumidor, antes de entrar de fato com um processo na justiça contra a empresa.

O contato com a ouvidoria deve ser a última tentativa de contato do cliente com a empresa antes de um processo judicial ser iniciado. Para ter acesso à ouvidoria, um cliente precisa primeiramente entrar em contato com o SAC. Se o atendente do SAC não solucionar o problema do cliente, o mesmo deve entrar em contato com a ouvidoria. Finalmente, se o canal de ouvidoria não resolver o problema, o cliente deverá acessar o órgão regulador da categoria ou ir à justiça para garantir seus direitos.

Como Entrar em Contato com o Groupon?

1 – Telefone Groupon

O Groupon entende que, como você pode fazer suas compras em qualquer dia da semana, é importante que a empresa esteja disponível para te ajudar todos os dias. Por conta disso, o atendimento é feito de segunda a segunda, nos seguintes horários:

  • De Segunda a Sábado de 8h às 22h
  • Domingos e Feriados Nacionais de 8h às 20h

Os telefones disponíveis são:

  • RJ: (21) 3500-8742
  • Demais localidades: (11) 3197-6550

2 – Fale Conosco Groupon

A empresa possui um serviço de fale conosco no site disponível no site e no aplicativo, 24×7. Você seleciona o motivo do contato, nos conta brevemente o que aconteceu e nós entraremos em contato com você via email em horário comercial. A vantagem é que você pode responder nos horários que forem mais convenientes para você. Você pode acessar o formulário eletrônico através desta página.

3 – Ouvidoria Groupon

A Groupon não possui um canal específico de Ouvidoria. Reclamações devem ser realizadas nos canais de atendimento elencados acima. Ou nas redes sociais apresentadas a seguir. Caso esteja tendo algum problema com os serviços da Groupon não se preocupe pois a empresa possui uma equipe de atendentes treinada e eficiente para resolver qualquer reclamação.

4 – Entrar em Contato com o Groupon nas Redes Sociais

O time de atendimento da Groupon fica de olho para ver se você está precisando de algo nas páginas das redes sociais, tanto por mensagens privadas quanto nos murais da empresa. Só um lembrete: por conta do algoritmo de cada rede social e para manter sua privacidade, quando a Groupon for mencionada, mesmo com uso de “@” ou “#”, se for fora das páginas da empresa, como por exemplo, no seu mural ou no comentário no mural de um amigo, existe uma grande probabilidade da Groupon não conseguir identificar. Por isso, sempre que quiser fazer seu recado chegar até a empresa, garanta que esteja falando dentro do ambiente da mesma. Conheça as páginas:

Canais de Reclamações dos Consumidores

Sabemos que os canais de atendimento ao consumidor (SAC) e serviços de ouvidoria das empresas deveriam ser suficientes para o consumidor resolver todas suas questões. Mas nem sempre as empresas atendem os clientes da forma adequada. Pensando nisto, preparamos uma lista de canais de reclamação que todo cidadão pode usar para realizar reclamações a respeito de produtos e serviços.

Procons

Os Procons são órgãos vinculados aos governos estaduais que atuam na defesa dos direitos dos consumidores. Os procedimentos variam de acordos com os estados, mas há características comuns. Qualquer pessoa física ou jurídica pode fazer reclamações, que devem ser oficializadas por meio do site www.consumidor.gov.br ou presencialmente nas sedes e postos de atendimento. Não há cobrança de taxas para o auxílio. Alguns Procons possuem sistemas próprios para receber reclamações pela Internet, como é o caso do de São Paulo.

Os órgãos atuam em qualquer relação de consumo, com algumas exceções. No caso do Procon DF, a assistência não ocorre em casos de venda entre particulares, relação entre locador e locatário, multa de trânsito e relação entre advogado e cliente, entre outros. Para fazer a reclamação, é preciso apresentar documento de identificação, comprovante de residência, comprovante da relação de consumo (nota fiscal, recibo, contrato) e outros documentos (como boleto, garantia etc…).

Consumidor.gov.br

O Portal do Consumidor é um recurso criado pelo Ministério da Justiça como parte do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor. A pessoa pode registrar uma queixa e a empresa tem até 10 dias para responder. Esse procedimento só é válido para aqueles fornecedores cadastrados no site. Ou seja, o serviço depende de uma adesão voluntária das companhias.

O portal serve como um canal de comunicação e, no período de 10 dias, a empresa pode dialogar com o consumidor. Ao fim do prazo, precisa dar uma resposta à demanda. Já a pessoa que apresentou a reclamação pode comentar o retorno e dizer se considerou a situação resolvida. Se o problema não for resolvido, o Ministério não promove outro tipo de sanção ou processo administrativo.

Juizados Especiais Cíveis

Para quem recorre à Justiça, a alternativa mais simples é entrar com uma reclamação em um juizado especial cível, que são instâncias específicas dos tribunais de Justiça de cada estado. Pessoas físicas com mais de 18 anos, micro e pequenas empresas e organizações da sociedade civil podem acessar este recurso.

As reclamações têm limite de 40 salários mínimos. Se o valor da causa for maior, o consumidor só poderá receber até este limite. Se o caso for de valor de até 20 salários mínimos, não é necessário contratar advogado. No entanto, se o valor for superior, a presença deste profissional passa a ser necessária. Os custos de um advogado são definidos em tabelas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de cada estado.

As reclamações devem ser feitas por escrito, com cópias de documento de identidade, CPF, comprovante de residência e outros documentos que embasem o processo. É preciso ter também dados da pessoa acionada, como nome, endereço, nacionalidade e profissão.

Os juizados especiais buscam resolver os processos por meio de acordos. Para isso são chamadas audiências de conciliação. Caso não haja consenso, o juiz responsável pode determinar uma sanção se considerar que o consumidor está correto em seu pleito.

Justiça Comum

Outra opção é apelar à Justiça para resolver um impasse em uma relação de consumo. O consumidor pode recorrer aos juizados especiais cíveis ou acionar o Tribunal de Justiça do seu estado. Para isso, independentemente do valor da causa, é preciso contratar um advogado. Mas nem sempre o juizado especial é mais rápido, pois a agilidade depende da fila de processos.

Site Reclame Aqui

O site Reclame Aqui é um site brasileiro de reclamações contra empresas sobre atendimento, compra, venda, produtos e serviços. É um serviço gratuito, tanto para os consumidores postarem suas reclamações quanto para as empresas responderem a elas. Trata-se de um site no qual consumidores fazem um cadastro de seus dados pessoais e podem enviar reclamações. A política de privacidade do site não permite a identificação do consumidor na publicação das páginas, pois as reclamações feitas são indexadas por motores de busca e visíveis para consulta. O acesso aos dados que foram cadastrados pelo cliente ocorre apenas com a empresa envolvida, para facilitar a busca da resolução do problema. Assim, é transmitida à empresa envolvida um e-mail com os detalhes, caso ela possua um cadastro para respostas no site.

Com os dados gerados, são obtidos rankings automatizados e o Reclame Aqui faz uma avaliação da empresa utilizando diversos critérios próprios. O status máximo de uma empresa no site é possuir o Selo RA 1000, o qual também possui critérios específicos. Os consumidores podem, depois de terem suas questões respondidas pelas empresa, indicar que o problema foi resolvido ou não, além de ter o direito a réplicas e, ao final, mostrar por meio de smiles a sua opinião sobre a resposta da empresa reclamada. A descrição do problema que o cliente publica é avaliada por uma equipe do site antes de ser publicada. Isto ocorre pois sua política não permite conteúdo ofensivo na redação dos usuários

Sobre a Groupon

Groupon é um site de e-commerce local. O objetivo é promover os estabelecimentos locais adquirindo novos clientes e promovendo uma maior visibilidade. O Groupon mostra uma oferta de produto por dia em cada mercado que ele serve. A oferta propõe um produto com desconto de 50 a 90%. A oferta é exibida no site do Groupon e é enviada por e-mail aos membros inscritos no site. A oferta mostra a descrição detalhada do produto, o preço normal, o desconto dado pelo fornecedor, o preço após o desconto. Em março de 2017, a operação do Groupon no Brasil foi adquirida pelo fundo de investimento latino-americano Mountain Nazca, que atualmente conta com mais de 34 empresas em seu portfólio, localizadas na Argentina, Chile, Colômbia e México, com potencial para expandir esse modelo de negócio por toda a América Latina. Em novembro de 2017, o fundo adquiriu a operação do Peixe Urbano e realizou a fusão entre a empresa e o Groupon Brasil.

4 thoughts on “Telefone Groupon

  1. Entrei em contato com o parceiro e agendei o serviço, depois entrei em contato novamente pedindo para mudar a data da prestação de serviço e fui informada que para a mudança precisava pagar uma taxa de 100 por pessoa, sendo assim solicitei pelo cancelamento, já que na oferta não constava essa informação, porém ao tentar cancelar meu cupom pelo aplicativo consta como validado, ou seja, parceiro validou meu cupom sem eu ter utilizado. Estou dentro do prazo de 7 dias, conforme consta em lei. Sendo assim solicito cancelamento e devolução do valor pago na mesma forma de pagamento.

  2. Fiz uma compra, motivado pela promoção 30% de volta, nela eles nunca informam quando o crédito estará disponível como valor de volta. Por não saber esperei um comunicação formal no meu e-mail, que não aconteceu, notificação do peixe Urbano, através do app, como eles sempre fazem, com promoção para provocar vendas e também não aconteceu e quando fui ver alegaram que meu crédito estava expirado! Isso não é correto. Isso é usar de[Editado pelo Reclame Aqui]e desrespeito completo pelo seus clientes. Não são transparentes com as regras da oferta. Tenho sensação de que fazem isso, justamente para que se compre o produto e depois sonegam a vantagem pela oferta. Quero de volta os meus créditos que tenho por direito. Eu só comprei o voucher pois teria os 30% de volta.

  3. Fiz uma compra de dois ingressos no site do peixe urbano, no intando percebi que não vou conseguir utilizar, então entrei em contato com a Central de atendimento solicitando que o valor fosse transformado em crédito, eles informaram que só poderia fazer isso que teria 7 dias que já teria passado.Acredito que o peixe urbano deveria ter um pouco de empatia com o cliente, não pedi cancelamento e sim o valor ser revestido em crédito, fiquei muito triste com a situação!

  4. Fiz uma compra de dois rodízios em BH. Chegando no local, vimos que a oferta não era o produto que esperávamos pois na descrição da compra não estava tão descritiva e detalhada. Desta forma decidi cancelar a compra, no prazo que estipulam de 7 dias a partir do dia da compra, porém não há no App ou site do intermediador, Groupon, a forma de cancelamento. A página não carrega , impossibilitando assim o cancelamento e/ou reembolso da compra feita.
    Sigo as instruções de cancelamento mas a página não abre .
    O tópico ” fale conosco ” nunca abre , ou da erro , ou a página não existe .
    Segue anexo do print da mesma .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.