telefone metro sao paulo

O canal de atendimento ao consumidor pode ser implementado de diversas formas tais como telefone, chat online, email e redes sociais. O importante é saber que todo cliente quer e tem o direito de ser bem atendido, seja lá qual for o produto ou serviço que estiver adquirindo. Está tendo problemas com algum serviço do Metrô São Paulo? Ligue para 0800-770-7722, todos os dias, das 5h00 à meia-noite.

Reunimos nesta página os números de telefones do Metrô São Paulo para reclamações, dúvidas e solicitação de serviços. Além das chamadas telefônicas, você poderá entrar em contato com o Metrô São Paulo através de outros canais como as redes sociais. Para falar com uma operadora de telefonia, é necessário ter paciência e muita calma pois geralmente os canais de atendimento são sobrecarregados e lentos. O importante é ter em mãos todos os dados como número de documento de identidade, código de cliente, modelo de celular, etc.

SAC é o Serviço de Atendimento ao Consumidor das empresas prestadoras de serviços e vendedoras de produtos. O objetivo deste canal de comunicação  é resolver as demandas dos consumidores sobre dúvidas, reclamações, cancelamentos, etc. O contado do cliente com o Serviço de Atendimento ao Consumidor deve ser gratuito, isto é, o atendimento das solicitações dos consumidores não pode resultar em qualquer custo.

Quanto à qualidade do atendimento, o SAC deverá obedecer aos princípios da boa-fé, transparência, eficiência, celeridade e cordialidade, além disso, o atendente que lhe prestará o serviço deverá ser totalmente capacitado para lhe prestar o melhor atendimento possível. Você também possui o direito de ter seu contato transferido do atendente do SAC para o setor competente da empresa, que seja devidamente capacitado a atender os seus questionamentos.

SAC e Ouvidoria

É muito comum que os consumidores não entendam a diferença entre SAC e Ouvidoria. O Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) é a forma direta de comunicação entre cliente e empresa para a resolução de problemas e dúvidas. Já a ouvidoria é um canal mais amplo do atendimento ao consumidor. A ouvidoria funciona como se fosse um coletivo de possibilidades que o cliente pode acessar, inclusive em órgãos de defesa do consumidor, antes de entrar de fato com um processo na justiça contra a empresa.

O contato com a ouvidoria deve ser a última tentativa de contato do cliente com a empresa antes de um processo judicial ser iniciado. Para ter acesso à ouvidoria, um cliente precisa primeiramente entrar em contato com o SAC. Se o atendente do SAC não solucionar o problema do cliente, o mesmo deve entrar em contato com a ouvidoria. Finalmente, se o canal de ouvidoria não resolver o problema, o cliente deverá acessar o órgão regulador da categoria ou ir à justiça para garantir seus direitos.

Atendimento do Metrô São Paulo

O Serviço de Atendimento é responsável por acolher, cadastrar, tratar e responder às manifestações dos passageiros do Metrô São Paulo através de vários canais de relacionamento. Fale com o Metrô São Paulo, sua participação nos ajuda a melhorar continuamente a prestação de serviços.

  • Central de informações: Esse serviço está disponível através do telefone 0800-770-7722, todos os dias, das 5h00 à meia-noite.
  • Atendimento Estação Sé: De 2ª a 6ª feira, exceto feriados, das 7h às 20h.
  • SMS Denúncia: Envie SMS denúncia para 11 97333-2252.

Ouvidoria Metrô São Paulo

  • Atendimento Telefônico: (11) 3371-7274 e (11) 3371-7275, de 2ª a 6ª feira, exceto feriados, das 8h às 11h30 e das 13 às 16h30
  • Atendimento Pessoal: Rua Augusta, 1626 – 2º andar – São Paulo – SP (de segunda a sexta feira, exceto feriados), das 08h00 às 16h30.

Canal de Denúncia Metrô São Paulo

O Canal de Denúncia é uma ferramenta de comunicação que deve ser usada somente para envio de denúncias sobre assédio, práticas de corrupção, fraude, atos ilícitos e irregularidades que prejudiquem o patrimônio e a reputação do Metrô, incluindo as infrações ao Código de Conduta e Integridade.

Qualquer pessoa, empregado ou não, que identificar ou suspeitar da existência de irregularidades referente a esses temas, deve comunicar o fato por meio do formulário eletrônico do Canal de Denúncia. Se você entende que o assunto é este, clique aqui para prosseguir.

Redes Sociais do Metrô São Paulo

Abaixo listamos as redes sociais do Metrô São Paulo. As redes também são um importante canal de atendimento com a operadoro Metrô São Paulo.

Canais de Reclamações dos Consumidores

Sabemos que os canais de atendimento ao consumidor (SAC) e serviços de ouvidoria das empresas deveriam ser suficientes para o consumidor resolver todas suas questões. Mas nem sempre as empresas atendem os clientes da forma adequada. Pensando nisto, preparamos uma lista de canais de reclamação que todo cidadão pode usar para realizar reclamações a respeito de produtos e serviços.

Procons

Os Procons são órgãos vinculados aos governos estaduais que atuam na defesa dos direitos dos consumidores. Os procedimentos variam de acordos com os estados, mas há características comuns. Qualquer pessoa física ou jurídica pode fazer reclamações, que devem ser oficializadas por meio do site www.consumidor.gov.br ou presencialmente nas sedes e postos de atendimento. Não há cobrança de taxas para o auxílio. Alguns Procons possuem sistemas próprios para receber reclamações pela Internet, como é o caso do de São Paulo.

Os órgãos atuam em qualquer relação de consumo, com algumas exceções. No caso do Procon DF, a assistência não ocorre em casos de venda entre particulares, relação entre locador e locatário, multa de trânsito e relação entre advogado e cliente, entre outros. Para fazer a reclamação, é preciso apresentar documento de identificação, comprovante de residência, comprovante da relação de consumo (nota fiscal, recibo, contrato) e outros documentos (como boleto, garantia etc…).

Consumidor.gov.br

O Portal do Consumidor é um recurso criado pelo Ministério da Justiça como parte do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor. A pessoa pode registrar uma queixa e a empresa tem até 10 dias para responder. Esse procedimento só é válido para aqueles fornecedores cadastrados no site. Ou seja, o serviço depende de uma adesão voluntária das companhias.

O portal serve como um canal de comunicação e, no período de 10 dias, a empresa pode dialogar com o consumidor. Ao fim do prazo, precisa dar uma resposta à demanda. Já a pessoa que apresentou a reclamação pode comentar o retorno e dizer se considerou a situação resolvida. Se o problema não for resolvido, o Ministério não promove outro tipo de sanção ou processo administrativo.

Juizados especiais cíveis

Para quem recorre à Justiça, a alternativa mais simples é entrar com uma reclamação em um juizado especial cível, que são instâncias específicas dos tribunais de Justiça de cada estado. Pessoas físicas com mais de 18 anos, micro e pequenas empresas e organizações da sociedade civil podem acessar este recurso.

As reclamações têm limite de 40 salários mínimos. Se o valor da causa for maior, o consumidor só poderá receber até este limite. Se o caso for de valor de até 20 salários mínimos, não é necessário contratar advogado. No entanto, se o valor for superior, a presença deste profissional passa a ser necessária. Os custos de um advogado são definidos em tabelas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de cada estado.

As reclamações devem ser feitas por escrito, com cópias de documento de identidade, CPF, comprovante de residência e outros documentos que embasem o processo. É preciso ter também dados da pessoa acionada, como nome, endereço, nacionalidade e profissão.

Os juizados especiais buscam resolver os processos por meio de acordos. Para isso são chamadas audiências de conciliação. Caso não haja consenso, o juiz responsável pode determinar uma sanção se considerar que o consumidor está correto em seu pleito.

Justiça comum

Outra opção é apelar à Justiça para resolver um impasse em uma relação de consumo. O consumidor pode recorrer aos juizados especiais cíveis ou acionar o Tribunal de Justiça do seu estado. Para isso, independentemente do valor da causa, é preciso contratar um advogado. Mas nem sempre o juizado especial é mais rápido, pois a agilidade depende da fila de processos.

Site Reclame Aqui

O site Reclame Aqui é um site brasileiro de reclamações contra empresas sobre atendimento, compra, venda, produtos e serviços. É um serviço gratuito, tanto para os consumidores postarem suas reclamações quanto para as empresas responderem a elas. Trata-se de um site no qual consumidores fazem um cadastro de seus dados pessoais e podem enviar reclamações. A política de privacidade do site não permite a identificação do consumidor na publicação das páginas, pois as reclamações feitas são indexadas por motores de busca e visíveis para consulta. O acesso aos dados que foram cadastrados pelo cliente ocorre apenas com a empresa envolvida, para facilitar a busca da resolução do problema. Assim, é transmitida à empresa envolvida um e-mail com os detalhes, caso ela possua um cadastro para respostas no site.

Com os dados gerados, são obtidos rankings automatizados e o Reclame Aqui faz uma avaliação da empresa utilizando diversos critérios próprios. O status máximo de uma empresa no site é possuir o Selo RA 1000, o qual também possui critérios específicos. Os consumidores podem, depois de terem suas questões respondidas pelas empresa, indicar que o problema foi resolvido ou não, além de ter o direito a réplicas e, ao final, mostrar por meio de smiles a sua opinião sobre a resposta da empresa reclamada. A descrição do problema que o cliente publica é avaliada por uma equipe do site antes de ser publicada. Isto ocorre pois sua política não permite conteúdo ofensivo na redação dos usuários

Sobre o Metrô São Paulo

Em operação desde 1974, o Metrô de São Paulo é um dos orgulhos dos paulistas. Com 74,3 km de extensão, 64 estações e uma frota de 164 trens, o sistema metroviário paulista transportou mais de 1,1 bilhão de passageiros no ano passado (2012). Atualmente, o sistema metroviário abriga as linhas 1 – Azul, 2 – Verde, 3 – Vermelha, 4 – Amarela (operada pela ViaQuatro) e 5 – Lilás, totalmente integradas com 260 km de linhas da CPTM, formando uma rede metroferroviária de 335 km. Além disso, o Metrô está interligado a 22 terminais de ônibus municipais e 3 terminais de ônibus intermunicipais.

4 thoughts on “Telefone Metrô São Paulo

  1. Em pleno período de férias, horario de pico manhã super lotado. O Metro somente quer receber recursos de publicidade? Porque nao investir na melhora de infra estrutura? Pago tarifa cheia e quero srrviço com qualidade. Vamos refuzir a gratuidade? Não tenho que pagar a tarifa dos outro. Correto?

  2. Olá, tenho um cartão BOM a mais de 10 e o mesmo nunca apresentou qualquer tipo de problema, até dia 15/07/2019.

    Segunda feira, 15/07 fui para o trabalho como todos os dias, meu cartão passou normalmente no ônibus, linha intermunicipal que pego de Santo André até o Sacomã, ao chegar na estação Sacomã do metrô, fui passar o meu bilhete BOM e o mesmo não funcionou na catraca, achei estranho, mas tentei em outro, e novamente não funcionou, fiquei brava, pois nunca tive problemas, e de repente meu cartão parou.

    Procurei ajuda de um funcionário do metrô, que por sinal foi bem ignorante e afirmou que o problema era do meu cartão, por estar muito velho, não bastando falar isso, o mesmo dobrou o meu cartão, assim, realmente podendo ter o danificado.

    Sorte a minha, que nesse dia, minha namorada estava comigo e tinha um bilhete do metrô guardado na carteira, a mesma me deu e eu passei.

    Ao chegar na estação Consolação, na qual desembarco todos os dias para chegar ao trabalho, fui testar o meu bilhete BOM nas maquinas de recarga, e o mesmo também não era lido, parecia que meu cartão estava cancelado ou invalidado, nem as catracas e nem os sensores de recargas lião o meu bilhete.

    Passei a semana inteira comprando bilhetes de metrô e trem para ir trabalhar, porque achava que meu cartão estava invalidado, pois o mesmo não era lido pelas catracas do metrô.

    Sábado, dia 20/07/2019, minha única folga do trabalho na semana, acordei cedo e fui a um Poupatempo fazer um novo bilhete BOM, já que fui instruída pelo próprio funcionário mal educado do metrô a fazer outro.

    Fiz um novo bilhete, paguei o absurdo de R$31,50, (um [Editado pelo Reclame Aqui] a mão armada para uma 2 via), saí do Poupatempo e fui curtir meu único dia de folga na semana, até ai OK, o bilhete funcionou normalmente ao passar na catraca do ônibus, pois a funcionaria do Poupatempo havia feito a transferência dos créditos para o novo bilhete, mas, pra minha surpresa, ao tentar passar na catraca do metrô da estação Sacomã, novamente o meu bilhete parou, não passou, não foi lido pela catraca e nem pelas maquinas de recarga, fiquei indignada, como pode?

    Um bilhete novinho, que eu havia acabado de receber, passou normalmente no ônibus, mas na mesma estação de metrô parou ao tentar passar na catraca, fiquei nervosa sim, mas o pior de tudo, é a vergonha que se passa, pois os funcionários dessa estação, ficam tirando com a sua cara, achando que esta metendo o louco, que não sabe usar o cartão.

    Lá fui eu gastar novamente mais dinheiro comprando passagem, sendo que meu BOM estava cheio de carga.

    Ou seja, por duas vezes tive o mesmo problema ao tentar utilizar o metrô pela estação Sacomã, dois cartões simplesmente “invalidados” para leitura nas catracas e maquinas de recargas dos metrôs.

    O cartão funciona normalmente nos ônibus e nas estações da CPTM, pois já fiz o teste, mas está totalmente invalido para uso e leitura nas catracas dos metrôs.

    Quero saber qual vai ser a solução do metrô?
    Pois eu já fiz um cartão novo, estou pagando uma parte do meu transporte do meu bolso, além do constrangimento que se passa e todo o nervoso.

    Quero uma solução rápida, quero meu cartão funcionando normalmente como sempre foi, seja no metrô, CPTM e Ônibus.

    Fica meu elogio a equipe noturna da estação Trianon/MASP, que me ajudaram e entenderam toda a situação que passei ao tentar utilizar o bilhete e o mesmo não funcionar, fui muito bem instruída a entrar em contato com a equipe de SAC do metrô e do cartão BOM para informar o ocorrido e buscar por uma solução.

  3. A linha vermelha está sempre em manutenção aos finais de semana. É uma falta de respeito com os moradores da zona leste. Esse problema é recorrente e ninguém faz nada para resolver. É inacreditável o desrespeito com o cidadão que esse absurdo que é o preço da passagem. Quando não está operando todas estações, está com velocidade reduzida. Alguém precisa tomar alguma providencia.

  4. O metrô por falta de troco está arredondado o valor do bilhete em 4 ou 4,25, mas limitando a compra em dois bilhetes, fazendo com que pessoas que queiram comprar bilhetes pra semana, mesmo pelo valor correto (sem desconto) sejam impedidos. Esta ação está gerando filas enormes. Se colocam preços que não geram arredondamento para troco, que arredonde para baixo e não limite os usuários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.