telefone vlt carioca

O canal de atendimento ao consumidor pode ser implementado de diversas formas tais como telefone, chat online, email e redes sociais. O importante é saber que todo cliente quer e tem o direito de ser bem atendido, seja lá qual for o produto ou serviço que estiver adquirindo. Está tendo problemas com algum serviço do VLT Carioca? Ligue para 1746.

Reunimos nesta página os números de telefones do VLT Carioca para reclamações, dúvidas e solicitação de serviços. Além das chamadas telefônicas, você poderá entrar em contato com o VLT Carioca através de outros canais como as redes sociais. Para falar com uma operadora de telefonia, é necessário ter paciência e muita calma pois geralmente os canais de atendimento são sobrecarregados e lentos. O importante é ter em mãos todos os dados como número de documento de identidade, código de cliente, modelo de celular, etc.

SAC é o Serviço de Atendimento ao Consumidor das empresas prestadoras de serviços e vendedoras de produtos. O objetivo deste canal de comunicação  é resolver as demandas dos consumidores sobre dúvidas, reclamações, cancelamentos, etc. O contado do cliente com o Serviço de Atendimento ao Consumidor deve ser gratuito, isto é, o atendimento das solicitações dos consumidores não pode resultar em qualquer custo.

Quanto à qualidade do atendimento, o SAC deverá obedecer aos princípios da boa-fé, transparência, eficiência, celeridade e cordialidade, além disso, o atendente que lhe prestará o serviço deverá ser totalmente capacitado para lhe prestar o melhor atendimento possível. Você também possui o direito de ter seu contato transferido do atendente do SAC para o setor competente da empresa, que seja devidamente capacitado a atender os seus questionamentos.

SAC e Ouvidoria

É muito comum que os consumidores não entendam a diferença entre SAC e Ouvidoria. O Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) é a forma direta de comunicação entre cliente e empresa para a resolução de problemas e dúvidas. Já a ouvidoria é um canal mais amplo do atendimento ao consumidor. A ouvidoria funciona como se fosse um coletivo de possibilidades que o cliente pode acessar, inclusive em órgãos de defesa do consumidor, antes de entrar de fato com um processo na justiça contra a empresa.

O contato com a ouvidoria deve ser a última tentativa de contato do cliente com a empresa antes de um processo judicial ser iniciado. Para ter acesso à ouvidoria, um cliente precisa primeiramente entrar em contato com o SAC. Se o atendente do SAC não solucionar o problema do cliente, o mesmo deve entrar em contato com a ouvidoria. Finalmente, se o canal de ouvidoria não resolver o problema, o cliente deverá acessar o órgão regulador da categoria ou ir à justiça para garantir seus direitos.

Atendimento do VLT Carioca

O Serviço de Atendimento é responsável por acolher, cadastrar, tratar e responder às manifestações dos passageiros do VLT Carioca através de vários canais de relacionamento. Fale com o VLT Carioca, sua participação nos ajuda a melhorar continuamente a prestação de serviços.

  • Telefone de Atendimento Prefeitura: 1746
  • Telefone de Atendimento Prefeitura para Outros Estados: (21) 3460-1746
  • Telefone Guarda Municipal: (21) 2976-6000

Esclarecimentos Sobre Multas

O VLT Carioca é um meio de transporte que possui características de pagamento de passagem diferentes dos demais modais e cada usuário é obrigado a validar o seu cartão individual assim que entrar no VLT. Por isso, o usuário deve estar portando cartão válido, individual e com saldo suficiente para realizar a validação (pagamento) da passagem no interior da composição assim que embarcar.

Os agentes de fiscalização são treinados para prestarem o serviço da forma adequada e satisfatória aos usuários. Com base no Decreto RIO N 41.628/16, estes agentes cumprem a função de indicar o usuário inadimplente para a aplicação da penalidade pelo agente da Guarda Municipal – GM, sendo a GM o órgão público responsável pela lavratura do auto de infração da multa.

As regras do sistema estão previstas na Lei Municipal n. 6.065/16, que estabelece as penalidades aos usuários do VLT que utilizarem o serviço sem o pagamento da tarifa no momento de acesso ao sistema, conforme regulamentada pelo Decreto RIO N 41.628/16, bem como no Decreto RIO N 41.627/16, que estabelece os direitos e obrigações dos usuários do VLT.

Para informações referentes à multa aplicada, assim como a possibilidade da interposição de recurso, será necessário contato com a Central de Atendimento da Prefeitura do Rio de Janeiro, através do telefone (21) 3460-1746; ou, com a Guarda Municipal, através do telefone (21) 2976-6000. De acordo com informações, a Guarda Municipal ampliou o canal para interposição de recurso, podendo agora o recurso ser enviado pelos Correios, com A.R. – Aviso de Recebimento, com os seguintes documentos:

Recurso contendo
*Nome
*CPF
*Número do Auto
*cópia da multa em anexo.
*e-mail
*telefone de contato
O Recurso deve ser digitado e no verso do envelope estar escrito que se trata de recurso de multa aplicada no VLT.
Avenida Pedro II, 111 – São Cristóvão – RJ
CEP 20941-070

Redes Sociais do VLT Carioca

Abaixo listamos as redes sociais do VLT Carioca. As redes também são um importante canal de atendimento com o VLT Carioca.

Canais de Reclamações dos Consumidores

Sabemos que os canais de atendimento ao consumidor (SAC) e serviços de ouvidoria das empresas deveriam ser suficientes para o consumidor resolver todas suas questões. Mas nem sempre as empresas atendem os clientes da forma adequada. Pensando nisto, preparamos uma lista de canais de reclamação que todo cidadão pode usar para realizar reclamações a respeito de produtos e serviços.

Procons

Os Procons são órgãos vinculados aos governos estaduais que atuam na defesa dos direitos dos consumidores. Os procedimentos variam de acordos com os estados, mas há características comuns. Qualquer pessoa física ou jurídica pode fazer reclamações, que devem ser oficializadas por meio do site www.consumidor.gov.br ou presencialmente nas sedes e postos de atendimento. Não há cobrança de taxas para o auxílio. Alguns Procons possuem sistemas próprios para receber reclamações pela Internet, como é o caso do de São Paulo.

Os órgãos atuam em qualquer relação de consumo, com algumas exceções. No caso do Procon DF, a assistência não ocorre em casos de venda entre particulares, relação entre locador e locatário, multa de trânsito e relação entre advogado e cliente, entre outros. Para fazer a reclamação, é preciso apresentar documento de identificação, comprovante de residência, comprovante da relação de consumo (nota fiscal, recibo, contrato) e outros documentos (como boleto, garantia etc…).

Consumidor.gov.br

O Portal do Consumidor é um recurso criado pelo Ministério da Justiça como parte do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor. A pessoa pode registrar uma queixa e a empresa tem até 10 dias para responder. Esse procedimento só é válido para aqueles fornecedores cadastrados no site. Ou seja, o serviço depende de uma adesão voluntária das companhias.

O portal serve como um canal de comunicação e, no período de 10 dias, a empresa pode dialogar com o consumidor. Ao fim do prazo, precisa dar uma resposta à demanda. Já a pessoa que apresentou a reclamação pode comentar o retorno e dizer se considerou a situação resolvida. Se o problema não for resolvido, o Ministério não promove outro tipo de sanção ou processo administrativo.

Juizados especiais cíveis

Para quem recorre à Justiça, a alternativa mais simples é entrar com uma reclamação em um juizado especial cível, que são instâncias específicas dos tribunais de Justiça de cada estado. Pessoas físicas com mais de 18 anos, micro e pequenas empresas e organizações da sociedade civil podem acessar este recurso.

As reclamações têm limite de 40 salários mínimos. Se o valor da causa for maior, o consumidor só poderá receber até este limite. Se o caso for de valor de até 20 salários mínimos, não é necessário contratar advogado. No entanto, se o valor for superior, a presença deste profissional passa a ser necessária. Os custos de um advogado são definidos em tabelas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de cada estado.

As reclamações devem ser feitas por escrito, com cópias de documento de identidade, CPF, comprovante de residência e outros documentos que embasem o processo. É preciso ter também dados da pessoa acionada, como nome, endereço, nacionalidade e profissão.

Os juizados especiais buscam resolver os processos por meio de acordos. Para isso são chamadas audiências de conciliação. Caso não haja consenso, o juiz responsável pode determinar uma sanção se considerar que o consumidor está correto em seu pleito.

Justiça comum

Outra opção é apelar à Justiça para resolver um impasse em uma relação de consumo. O consumidor pode recorrer aos juizados especiais cíveis ou acionar o Tribunal de Justiça do seu estado. Para isso, independentemente do valor da causa, é preciso contratar um advogado. Mas nem sempre o juizado especial é mais rápido, pois a agilidade depende da fila de processos.

Site Reclame Aqui

O site Reclame Aqui é um site brasileiro de reclamações contra empresas sobre atendimento, compra, venda, produtos e serviços. É um serviço gratuito, tanto para os consumidores postarem suas reclamações quanto para as empresas responderem a elas. Trata-se de um site no qual consumidores fazem um cadastro de seus dados pessoais e podem enviar reclamações. A política de privacidade do site não permite a identificação do consumidor na publicação das páginas, pois as reclamações feitas são indexadas por motores de busca e visíveis para consulta. O acesso aos dados que foram cadastrados pelo cliente ocorre apenas com a empresa envolvida, para facilitar a busca da resolução do problema. Assim, é transmitida à empresa envolvida um e-mail com os detalhes, caso ela possua um cadastro para respostas no site.

Com os dados gerados, são obtidos rankings automatizados e o Reclame Aqui faz uma avaliação da empresa utilizando diversos critérios próprios. O status máximo de uma empresa no site é possuir o Selo RA 1000, o qual também possui critérios específicos. Os consumidores podem, depois de terem suas questões respondidas pelas empresa, indicar que o problema foi resolvido ou não, além de ter o direito a réplicas e, ao final, mostrar por meio de smiles a sua opinião sobre a resposta da empresa reclamada. A descrição do problema que o cliente publica é avaliada por uma equipe do site antes de ser publicada. Isto ocorre pois sua política não permite conteúdo ofensivo na redação dos usuários

Sobre o VLT Carioca

O VLT Carioca é uma rede de veículos leves sobre trilhos que percorre o Centro e o Porto da cidade do Rio de Janeiro, conectando todas as demais redes de transporte metropolitano — metrô, trens, ônibus, barcas e teleférico — além de aeroporto, rodoviária e terminal de cruzeiros. A construção do VLT Carioca foi parte de um antigo projeto de revitalização da região central do Rio de Janeiro, que ganhou vida quando a cidade foi escolhida para sediar os Jogos Olímpicos de 2016. O projeto substituiu o Elevado da Perimetral, uma via expressa que cercava e degradava a região, pela Orla Conde, um boulevard à beira da Baía da Guanabara rodeado por atrações culturais e turísticas e que tem o VLT como principal meio de transporte.

7 thoughts on “Telefone VLT Carioca

  1. Tenho 70 anos, porém caso use o Transporte Público prefiro pagar, pois acho tenho tenho recursos. Ontem ao pegar pela terceira vez um VLT na Praça dos Museus, com o Cartão e pagamento atualizados, esqueci de validar, mesmo com o Cartão na mão, logo chegou um Fiscal e falei que tinha esquecido, mais iria passar o Cartão. Grosseiramente ele falou que não adiantaria mais e eu seria encaminhado ao Guarda. Validei o Cartão, porém o Fiscal junto com o Guarda falou que se eu não pagasse a multa seria preso. Conheço muitos Países, porém nunca passei por situação tão desagradável e nunca presenciei fato igual. O VLT RJ é muito mau administrado, são pessoas despreparada, incompetentes e irresponsáveis. Nuca mais pegarei VLT. Sei que a má fama do VLT Rio já se espalha pelo Brasil e Exterior. Vergonha

  2. Pego o VLT todo dia para trabalhar e o número de injustiças que já vi são enormes. Comigo aconteceu de ao entrar no vlt esperei as pessoas saírem para assim entrar, simplesmente fecharam a porta com a mala de um passageiro pra fora, ajudei ele a tirar e fecharam a porta e eu n entrei. Cheguei atrasada no trabalho por conta disso.

  3. Moro em Sorocaba SP e no dia 24/06/2019 Eu e minha esposa estávamos a passeio no Rio de Janeiro, e sendo nosso ultimo dia na cidade resolvemos conhecer o VLT Carioca, para aproveitar as ultimas horas de permanência e fazer um ultimo passeio. Nos encaminhamos até a estação e embarcamos no VLT com destino ao Santos Dumont e quando meu esposo tentou passar seu cartão duas vezes pagando a sua passagem e a minha, não conseguiu e ficamos intrigados de como fazer. Pensamos em descer na próxima estação para comprar, então, a minha passagem, mas LOGO fomos surpreendidos por uma fiscal tentando validar a passagem. Até aí estávamos tranquilos, pois ela nos informaria como melhor proceder, inclusive achávamos que ela poderia receber o valor da minha passagem. Pura ilusão!!!! Pois ela chamou o guarda municipal que, na frente de vários passageiros, pediu o documento da minha esposa e a multou em R$ 170,00 estávamos com o dinheiro para pagar a passagem, não nos recusamos em momento algum, e nos oferecemos a descer com ele na estação seguinte para comprar a passagem e mesmo assim não tivemos a chance. Gostaria de deixar registrada a minha revolta pelo constrangimento que sofremos. Acho que o sistema VLT Carioca é uma verdadeira arapuca.
    Estou tentando recorrer por achar injusto o ocorrido, mas pra piorar a situação…o caminho não é nada simples! O site que vem impresso na notificação que recebi não é claro e pelo que entendi teria que protocolar este pedido pessoalmente no Rio de Janeiro, simples assim, para quem esta a 1000 km de distancia. Registro aqui a minha revolta e frustração. Muito falta de respeito como turista o que aconteceu comigo e minha esposa. VLT Carioca, fabrica de multas e desrespeito com o cidadão de bem.

  4. Bom dia meu nome luis claudio chales peguei o vlt na estação colombo quando chegou a estação Praça da Bandeira entrou um fiscal eu não costumo andar de vlt achei que poderia efetua o pagamento do passagem a qualquer momento o fiscal pedio para que eu validace eu paguei e validei mesmo assim ele chamou o guarda municipal que me aplicou uma multa

  5. Comprei o cartão na estação do aquário e fiz a recarga, estava acompanhada dos meus dois filhos sendo que um é pequeno. Quando chegou na estação logo após a central do Brasil a fiscal disse que eu só havia computado uma passagem, mostrei o comprovante que paguei por débito automático!! Uma grossa, despreparada . Falou aos berros comigo na frente das crianças, falando que ia me multar. Mostrei o comprovante, se vcs tem um sistema ruim o problema é de vcs e não o nosso, pois não pago passagem para ser humilhada. Inclusive uma passageira que era advogado me apoiou !!

  6. Fui utilizar o VLT pela primeira vez como turista. Estava chovendo muito no momento do embarque e a estação estava cheia de gente, ocultando as informações sobre pagamento. Estava com meu amigo da minha cidade que trabalhou no Rio de Janeiro e achava que poderia validar a minha passagem em seu cartão, quando não deu certo, procuramos o fiscal e fomos multados, sendo informados que poderíamos recorrer da multa. Até aí tudo bem, fui informada que poderia recorrer e assim o fiz. Mas desde então, esta semana a situação completa 1 ano, entro periodicamente para ver o resultado do meu recurso e não tenho resposta. Além das falhas no próprio sistema de cobrança ainda tenho que ficar monitorando esse processo extremamente moroso, correndo o risco de ser incluída na divida ativa mesmo tendo agido de boa-fé. Se é para o recurso ser negado, o mínimo de consideração é que o usuário saiba disso em um tempo razoável.

  7. A Concessionária do VLT Carioca diz que os consumidores devem se informar sobre os horários e alterações diretamente do Twitter, mas hoje 5 de agosto ao avistar problema de energia fiquei aguardando posicionamento da empresa que até o momento não atualizou o Twitter, apenas constando que o processo está em normalização. Só consegui ir ao meu compromisso pois um amigo que mora próximo a uma estação do Vlt me confirmou que o mesmo já tinha voltado a funcionar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.