telefone editora abril

O Grupo Abril trabalha todos os dias para tornar o mundo um pouquinho melhor levando informação relevante e entretenimento para o leitor. Esse tem sido o objetivo da empresa há mais de setenta anos. Em um dia qualquer, milhões de pessoas acessam os conteúdos do grupo Abril para ficarem atualizados sobre tudo que está ocorrendo no mundo. Se você é um destes leitores, saiba que a Editora Abril está de portas abertas para lhe atender no que for preciso: dúvidas, sugestões, reclamações. O canal de atendimento ao consumidor pode ser implementado de diversas formas tais como canal telefônico, chat online, email e redes sociais. O importante é saber que todo consumidor quer e tem o direito de ser bem atendido, seja lá qual for o produto que estiver adquirindo. 

O Grupo Abril é um dos maiores e mais influentes grupos de Comunicação e Distribuição da América Latina. Desde a sua fundação, como uma pequena editora em 1950, busca tornar-se cada vez mais relevante para o Brasil e para os brasileiros, atuando na difusão de informação, educação e cultura, e contribuindo para o desenvolvimento do País. Hoje, por meio de suas holdings e empresas controladas, está presente nas áreas de Mídia, Gráfica, Distribuição e Logística. A Abril está empenhada em contribuir para a difusão de informação, cultura e entretenimento, para o progresso da educação, a melhoria da qualidade de vida e o fortalecimento das instituições democráticas do país.

Ideias inovadoras, investimentos arrojados e centenas de profissionais capacitados garantem o melhor preço e o melhor atendimento aos clientes da Editora Abril. Poucas empresas são tão modernas quanto a Editora Abril – hoje uma referência mundial no setor. A Editora Abril tem paixão e inovação presentes em seu DNA. Em plena expansão, a Editora Abril tem como foco o atendimento qualificado, a prática de preços justos e uma ampla variedade de cursos. A Editora Abril trabalha para o leitor. Procura não apenas atender às suas necessidades, mas superar expectativas. O intuito é encantar e fazer com que os leitores tenham a melhor experiência.

Atendimento ao Consumidor

SAC é o Serviço de Atendimento ao Consumidor das empresas prestadoras de serviços e vendedoras de produtos. O objetivo deste canal de comunicação  é resolver as demandas dos consumidores sobre dúvidas, reclamações, cancelamentos, etc. O contado do cliente com o Serviço de Atendimento ao Consumidor deve ser gratuito, isto é, o atendimento das solicitações dos consumidores não pode resultar em qualquer custo.

Quanto à qualidade do atendimento, o SAC da Editora Abril deverá obedecer aos princípios da boa-fé, transparência, eficiência, celeridade e cordialidade, além disso, o atendente que lhe prestará o serviço deverá ser totalmente capacitado para lhe prestar o melhor atendimento possível. Você também possui o direito de ter seu contato transferido do atendente do SAC para o setor competente da empresa, que seja devidamente capacitado a atender os seus questionamentos.

É muito comum que os consumidores não entendam a diferença entre SAC e Ouvidoria. O Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) é a forma direta de comunicação entre cliente e empresa para a resolução de problemas e dúvidas. Já a ouvidoria é um canal mais amplo do atendimento ao consumidor. A ouvidoria funciona como se fosse um coletivo de possibilidades que o cliente pode acessar, inclusive em órgãos de defesa do consumidor, antes de entrar de fato com um processo na justiça contra a empresa.

O contato com a ouvidoria deve ser a última tentativa de contato do cliente com a empresa antes de um processo judicial ser iniciado. Para ter acesso à ouvidoria, um cliente precisa primeiramente entrar em contato com o SAC. Se o atendente do SAC não solucionar o problema do cliente, o mesmo deve entrar em contato com a ouvidoria. Finalmente, se o canal de ouvidoria não resolver o problema, o cliente deverá acessar o órgão regulador da categoria ou ir à justiça para garantir seus direitos.

SAC Editora Abril

Utilizando a tecnologia como recurso, a Editora Abril criou uma plataforma que contribui para a melhoria das relações com os consumidores, tornando-as mais justas e harmônicas para todos. Para manter em dia o compromisso de qualidade no atendimento, a Editora Abril oferece diversos canais de atendimento. Caso queira entrar em contato com a Editora Abril para dúvidas, sugestões ou reclamações, deve-se usar um dos seguintes canais:

Telefone Editora Abril de Atendimento

  • Dúvidas sobre produtos e serviços, elogios ou reclamações? Entre em contato pelo telefone: 5087 2112 Grande São Paulo / 0800 775 2112 demais localidades. De segunda a sexta, das 8h às 22h.
  • Assinaturas: (11) 3347-2145 Grande São Paulo / 0800 775 2145 demais localidades. De segunda a sexta, das 8h às 22h. Sábado, das 9h às 16h.

Fale Conosco Editora Abril

A Editora Abril possui página de SAC no seu site. Seu contato é muito importante para a empresa. Use este espaço para:

DADOS CADASTRAIS

  • Atualizar sua senha
  • Alterar endereço
  • Atualizar telefones de contato
  • Atualizar e-mail

ENTREGA

  • Previsão de entrega
  • Não recebi minha revista
  • Recebi a revista danificada
  • Alterar endereço de entrega

PAGAMENTO

  • Histórico de pagamento
  • Alterar forma de pagamento

RENOVAÇÃO

  • Confirmar a renovação
  • Alterar forma de pagamento

ASSINATURAS DIGITAIS

  • Orientações de acesso

Ouvidoria Editora Abril

A Ouvidoria Assinaturas é dedicada exclusivamente ao tratamento dos casos em que os canais regulares de atendimento – SAC telefone* e e-mail – não tiveram êxito na solução de alguma questão. Assim, será sempre necessário fornecer o número do protocolo de atendimento da questão em aberto para que possamos rastrear e analisar corretamente o caso. O prazo de retorno da Ouvidoria Assinaturas é de até 3 dias úteis, a partir da postagem da mensagem. IMPORTANTE: você deverá informar seu telefone e e-mail atualizados para que a Abril entre em contato nesse período.

Editora Abril nas Redes Sociais

A Editora Abril também está antenada na modernidade tecnológica que nos cerca e, pensando nisso, a empresa também está presente nas principais mídias sociais. Através de canais como Facebook, Twitter e Instagram você poderá entrar em contato com a equipe de atendimento da Editora Abril. Confira:

Canais de Reclamações dos Consumidores

A Editora Abril trabalha com dedicação e esmero para lhe atender. Por isso, o objetivo da Editora Abril é proporcionar facilidade, comodidade e uma excelente experiência no seu serviço de atendimento. Sempre preocupada em aumentar a satisfação do consumidor e ajudá-lo no que for preciso, sanando dúvidas, auxiliando no que mais for preciso. Sabemos que os canais de atendimento ao cliente deveriam ser suficientes para você resolver todas suas questões, mas nem sempre isto é possível. Pensando nisto, preparamos uma lista de canais de reclamação que todo cidadão pode usar para realizar reclamações a respeito de produtos e serviços.

Procons

Os Procons são órgãos vinculados aos governos estaduais que atuam na defesa dos direitos dos clientes. Tem como missão principal equilibrar e harmonizar as relações entre consumidores e fornecedores, elaborando e executando a política de proteção e defesa dos consumidores. As atribuições são amplas, destacando-se o trato das reclamações que envolvam o interesse da coletividade, função realizada pelos promotores de Justiça de Defesa do Consumidor. Nesse sentido, são combatidos atos como publicidades abusivas e enganosas, adulteração de produtos, ofertas de produtos ou serviços impróprios, cláusulas abusivas em contratos e práticas desleais ou coercitivas que firam os direitos do consumidor. Os procedimentos variam de acordos com os estados, mas há características comuns. Qualquer pessoa física ou jurídica pode fazer reclamações, que devem ser oficializadas por meio do site www.consumidor.gov.br ou presencialmente nas sedes e postos de atendimento. Não há cobrança de taxas para o auxílio.

consumidor.gov.br

O Portal do Consumidor é um recurso criado pelo Ministério da Justiça como parte do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor. É um serviço público e gratuito que permite a interlocução direta entre consumidores e empresas para solução alternativa de conflitos de consumo pela internet. A pessoa pode registrar uma queixa e a empresa tem até 10 dias para responder. Esse procedimento só é válido para aqueles fornecedores cadastrados no site. Ou seja, o serviço depende de uma adesão voluntária das companhias. O portal serve como um canal de comunicação e, no período de 10 dias, a empresa pode dialogar com o cliente. Ao fim do prazo, precisa dar uma resposta à demanda. Em seguida, o consumidor tem até 20 dias para comentar e classificar a resposta da empresa, informando se sua reclamação foi Resolvida ou Não Resolvida, e ainda indicar seu nível de satisfação com o atendimento recebido. Caso não seja possível resolver sua reclamação por meio do portal, recomendamos que você busque o atendimento dos Procons, Defensorias Públicas, Juizados Especiais Cíveis, entre outros órgãos do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor, que poderão orientá-lo e auxiliá-lo na resolução de seu problema de consumo.

proteste.org.br

A PROTESTE – Associação Brasileira de Defesa do Cliente é uma entidade civil sem fins lucrativos, apartidária, independente de governos e empresas, que atua na defesa e no fortalecimento dos direitos dos clientes brasileiros. Mantida com as mensalidades de seus associados, e com o aporte e a solidariedade de outras associações de clientes internacionais, a PROTESTE ajuda os cidadãos a fazer valer seu poder de compra e a conhecer seus direitos. A PROTESTE intervém, sempre que necessário, nos conflitos de associados com fornecedores e encaminha às empresas e às autoridades reivindicações e propostas pertinentes para melhorar produtos e serviços. O canal de reclamações permite que os associados e usuários registrados encaminhem uma reclamação diretamente para uma empresa e solicitem o apoio de um de especialistas. Estas reclamações são enviadas pelos clientes diretamente para as empresas através desta plataforma. Reclamações encaminhadas por clientes que solicitam a ajuda de especialistas são analisadas e tratadas cuidadosamente pelos especialistas em Defesa do Cliente. Os clientes devem entrar em contato com a empresa diretamente antes da PROTESTE intervir. Você pode deixar a reclamação visível na lista de reclamações públicas.

Defensorias Públicas

Segundo a Constituição da República, “a Defensoria Pública é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe, como expressão e instrumento do regime democrático, fundamentalmente, a orientação jurídica, a promoção dos direitos humanos e a defesa, em todos os graus, judicial e extrajudicial, dos direitos individuais e coletivos, de forma integral e gratuita, aos necessitados”. Em outras palavras, é dever do Estado, através da Defensoria Pública, garantir assistência jurídica integral e gratuita àqueles que não podem custeá-la. Isso significa muito mais do que o direito a assistência judicial, abrangendo a defesa, em todas as esferas, dos direitos dos necessitados. A Defensoria Pública presta consultoria jurídica, ou seja, fornece informações sobre os direitos e deveres das pessoas que recebem sua assistência. É com base na resposta à consulta que o assistido pela Defensoria Pública pode decidir melhor como agir em relação ao problema apresentado ao defensor público.

Juizados Especiais Cíveis

Para quem recorre à Justiça, a alternativa mais simples é entrar com uma reclamação em um Juizado Especial Cível, que são instâncias específicas dos tribunais de Justiça de cada estado. Pessoas físicas com mais de 18 anos, micro e pequenas empresas e organizações da sociedade civil podem acessar este recurso. As reclamações têm limite de 40 salários mínimos. Se o valor da causa for maior, o consumidor só poderá receber até este limite. Se o caso for de valor de até 20 salários mínimos, não é necessário contratar advogado. No entanto, se o valor for superior, a presença deste profissional passa a ser necessária. As reclamações devem ser feitas por escrito, com cópias de documento de identidade, CPF, comprovante de residência e outros documentos que embasem o processo. É preciso ter também dados da pessoa acionada, como nome, endereço, nacionalidade e profissão. Os juizados especiais buscam resolver os processos por meio de acordos. Para isso são chamadas audiências de conciliação. Caso não haja consenso, o juiz responsável pode determinar uma sanção se considerar que o consumidor está correto em seu pleito.

Sobre o Grupo Abril

A trajetória da Abril está marcada pelo pioneirismo. Sua história começou em 1950. Desde então, seu crescimento no mercado editorial elevou os padrões de qualidade das publicações do País, estabelecendo uma cultura jornalística que leva em conta, acima de tudo, o compromisso com o leitor , expresso com o máximo padrão de qualidade do texto, da fotografia, da edição e da produção.

Guiando-se pelo interesse da opinião pública, sempre contribuiu para pautar os grandes debates da sociedade. Permanentemente atenta à inovação, a Abril soube incorporá-la aos seus negócios. Por isso, hoje, é um dos maiores e mais influentes grupos de comunicação e educação da América Latina.

O fundador do Grupo Abril, Victor Civita iniciou as atividades da Editora em um pequeno escritório no centro de São Paulo. Em pouco tempo, a empresa viveria um intenso ciclo de crescimento, ao longo do qual Victor investiu em treinamento e tecnologia, e passou a atrair alguns dos profissionais mais talentosos do País. Essa equipe, ao longo das décadas seguintes, lançaria dezenas de novas publicações para atender a crescente demanda de informação da sociedade brasileira.

As novas tecnologias permitiram à Abril expandir sua atuação, oferecendo conteúdo de qualidade em diversas plataformas. Antecipando-se às necessidades de seu público, investiu em televisão e internet. Colocou no ar a TVA, a TV digital, a internet em banda larga, o Voip e o canal MTV, com programação de qualidade dirigida ao jovem. Na web a primeira iniciativa foi o BOL, Brasil Online, lançado em 1996 e logo incorporado ao UOL.

5 thoughts on “Telefone Editora Abril

  1. Quero pedir o cancelamento das revistas Claudia e natureza .O momento não permite mais está despesa uma vez que não tenho trabalha e não recebo ajuda de de um outro .

  2. Só fiz copiar a mesma reclamação, pois não houve nenhuma mudança. Simplesmente DESISTO!!!
    Bom dia.Sou assinante da Editora Abril (Quatro Rodas antiga e Coquetel recentemente) há anos e ultimamente estou tendo muitos problemas com a mesma. É revoltante ver que muitos assinantes recebem livros todo o começo de ano e eu nunca, nunca, nunca recebi nenhum. Se eu quiser, que compre. Já cansei de reclamar e até desistir de ser assinante, mas já é duro você ser enganado por muitos que estão lá em Brasilia, aí vem uma empresa do ramo da imprensa e nos faz o mesmo. Em algumas das reclamações que fiz ao SAC, já tentei os dados do entregador pra saber se é o mesmo que está desviando meus exemplares, mas não consegui. Isso não é normal, não é justo, não é legal. Se a ABRIL está encaminhando meus exemplares e não estão sendo entregues, o mínimo que podemos fazer é registrar um Boletim de Ocorrência por [Editado pelo Reclame Aqui] ou desvio. Sempre usei a revista como consulta para suporte na hora de trocar de carro, mas percebo que não vou poder contar mais com essa publicação. Estou enviando essa queixa pois não espero mais nenhuma solução por parte da direção da ABRIL.

  3. Fazem anos que assino uma revista que não consigo cancelar.
    Não recebo a revista, minha região não tem entrega de correios e o unico telefone para contactar é por telefone fixo (isso mesmo, quando quer cancelar NÃO RECEBEM LIGAÇÃO DE CELULAR) no 0800 da empresa. Um absurdo esse tipo de dificuldade para cancelar uma cobrança de algo a tanto tempo e sem ta recebendo o produto.

  4. Minha esposa tinha uma assinatura da Revista Cláudia. Quando venceu o prazo, ela informou que não estava mais interessada na assinatura e não queria renovar a mesma.
    Desde então recebemos 3 ou 4 telefonemas por dia para tratar da renovação. Estamos em isolamento total por causa do coronavirus e não podemos ficar atendendo o telefone a toda hora. Basta o stress do isolamento.

  5. Tenho um problema com a Editora Abril.
    Assinei a Revista Veja no mês de novembro de 2019, com um valor promocional de 29,90, sendo o pagamento feito via cartão de crédito.
    Algum tempo depois, cancelei o cartão de crédito, e alterei a forma de pagamento para débito em conta.
    Alguns dias depois, foi debitado duplamente 2 meses de assinatura na minha revista, as duas no mesmo mês (janeiro), ou seja, paguei 2 mensalidades no mesmo mês.
    Fiz o cancelamento do débito em conta para com a Editora Abril por meio do banco, porém as revistas continuam vindo. Lá no Abril SAC, o valor da minha assinatura já não é o valor promocional de 29,90, e sim um valor de quase 45,00.
    Tento entrar em contato para cancelar, e o telefone da editora diz que não recebe chamadas de telefones móveis. Ou seja, para assinar, ela recebe chamadas de telefones móveis, para cancelar não, que absurdo.
    Assim, estou reclamando por aqui, para ver se alguém da equipe da Editora Abril entra em contato comigo para fazermos o cancelamento da mesma, e se tiver algum débito, quitarei o mesmo, para não me incomodar posteriormente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.