telefone pizza hut

A Pizza Hut é a maior rede de pizzarias do mundo. A marca é uma das principais opções para pessoas que procuram pizza nutritivas e saborosas. A empresa é guiada pela sua paixão por deliciar os clientes ao servir massas deliciosas feitas com paixão e amor. A Pizza Hut entende que a satisfação dos clientes é o ponto alto da rede, e para isto faz questão de ouvir todas dúvidas, reclamações e sugestões. Só assim é possível aprimorar ainda mais seus serviços e  produtos. Caso queira entrar em contato com o atendimento da Pizza Hut, deve-se usar um dos seguintes canais… 

SAC é o Serviço de Atendimento ao Consumidor das empresas prestadoras de serviços e vendedoras de produtos. O objetivo deste canal de comunicação é sanar as demandas dos consumidores sobre dúvidas, reclamações, cancelamentos, devoluções, etc. O contado do cliente com o Serviço de Atendimento ao Consumidor deve ser gratuito, isto é, o atendimento das solicitações dos consumidores não pode resultar em qualquer custo para o mesmo.

Quanto à qualidade do atendimento, o SAC deverá obedecer aos princípios da boa-fé, transparência, eficiência, celeridade e cordialidade, além disso, o atendente que lhe prestará o serviço deverá ser totalmente capacitado para lhe prestar o melhor atendimento possível. Você também possui o direito de ter seu contato transferido do atendente do SAC para o setor competente da empresa, que seja devidamente capacitado a atender os seus questionamentos.

SAC e Ouvidoria

É muito comum que os consumidores não entendam a diferença entre SAC e Ouvidoria. O Serviço de Atendimento ao Consumidor é a forma direta de comunicação entre cliente e empresa para a resolução de problemas e dúvidas. Já a ouvidoria é um canal mais amplo do atendimento ao consumidor. A ouvidoria funciona como se fosse um coletivo de possibilidades que o cliente pode acessar, inclusive em órgãos de defesa do consumidor, antes de entrar de fato com um processo na justiça contra a empresa.

O contato com a ouvidoria deve ser a última tentativa de contato do cliente com a empresa antes de um processo judicial ser iniciado. Para ter acesso à ouvidoria, um cliente precisa primeiramente entrar em contato com o SAC. Se o atendente do SAC não solucionar o problema do cliente, o mesmo deve entrar em contato com a ouvidoria. Finalmente, se o canal de ouvidoria não resolver o problema, o cliente deverá acessar o órgão regulador da categoria ou ir à justiça para garantir seus direitos.

Atendimenta Pizza Hut

Oferecer um serviço de atendimento ao consumidor eficiente, humano e ágil é entender que a sua experiência não termina quando você paga a conta, pelo contrário, o objetivo é construir um relacionamento antes, durante e depois do seu contato com a marca. Por isso, na Pizza Hut, quando o cliente tem qualquer problema, dúvida ou sugestão, tem à disposição diferentes canais de comunicação.

Fale Conosco Pizza Hut

Gostaria de fazer solicitações, sugestões ou reclamações? A forma mais direta para entrar em contato com a Pizza Hut é através do formulário Fale Conosco. Você poderá entrar em contato com a Pizza Hut através do site. Para isto acesse a página de atendimento.

SAC Pizza Hut

A Pizza Hut não possui um telefone de SAC. Reclamações devem ser encaminhadas através do formulário eletrônico apontado acima. Contudo, a empresa responde também através das redes sociais Facebook e Instagram. Basta você mandar um mensagem privada para a empresa e aguardar uma resposta.

Ouvidoria Pizza Hut

Infelizmente a Pizza Hut não possui um serviço de ouvidoria. Reclamações deverão ser encaminhadas via telefone SAC, formulário eletrônico. Não se preocupe, a Pizza Hut possui uma equipe de atendimento treinada para resolver seus problemas.

Pizza Hut nas Redes Sociais

A Pizza Hut também está antenada na modernidade tecnológica que nos cerca e, pensando nisso, a empresa também está presente nas principais mídias sociais. Através de canais como Facebook, Twitter e Instagram você poderá entrar em contato com a equipe de atendimento da Pizza Hut.

Canais de Reclamações dos Consumidores

Sabemos que os canais de atendimento ao consumidor (SAC) e serviços de ouvidoria das empresas deveriam ser suficientes para o consumidor resolver todas suas questões. Mas nem sempre as empresas atendem os clientes da forma adequada. Pensando nisto, preparamos uma lista de canais de reclamação que todo cidadão pode usar para realizar reclamações a respeito de produtos e serviços.

Procons

Os Procons são órgãos vinculados aos governos estaduais que atuam na defesa dos direitos dos consumidores. Os procedimentos variam de acordos com os estados, mas há características comuns. Qualquer pessoa física ou jurídica pode fazer reclamações, que devem ser oficializadas por meio do site www.consumidor.gov.br ou presencialmente nas sedes e postos de atendimento. Não há cobrança de taxas para o auxílio. Alguns Procons possuem sistemas próprios para receber reclamações pela Internet, como é o caso do de São Paulo.

Os órgãos atuam em qualquer relação de consumo, com algumas exceções. No caso do Procon DF, a assistência não ocorre em casos de venda entre particulares, relação entre locador e locatário, multa de trânsito e relação entre advogado e cliente, entre outros. Para fazer a reclamação, é preciso apresentar documento de identificação, comprovante de residência, comprovante da relação de consumo (nota fiscal, recibo, contrato) e outros documentos (como boleto, garantia etc…).

Consumidor.gov.br

O Portal do Consumidor é um recurso criado pelo Ministério da Justiça como parte do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor. A pessoa pode registrar uma queixa e a empresa tem até 10 dias para responder. Esse procedimento só é válido para aqueles fornecedores cadastrados no site. Ou seja, o serviço depende de uma adesão voluntária das companhias.

O portal serve como um canal de comunicação e, no período de 10 dias, a empresa pode dialogar com o consumidor. Ao fim do prazo, precisa dar uma resposta à demanda. Já a pessoa que apresentou a reclamação pode comentar o retorno e dizer se considerou a situação resolvida. Se o problema não for resolvido, o Ministério não promove outro tipo de sanção ou processo administrativo.

Juizados Especiais Cíveis

Para quem recorre à Justiça, a alternativa mais simples é entrar com uma reclamação em um juizado especial cível, que são instâncias específicas dos tribunais de Justiça de cada estado. Pessoas físicas com mais de 18 anos, micro e pequenas empresas e organizações da sociedade civil podem acessar este recurso.

As reclamações têm limite de 40 salários mínimos. Se o valor da causa for maior, o consumidor só poderá receber até este limite. Se o caso for de valor de até 20 salários mínimos, não é necessário contratar advogado. No entanto, se o valor for superior, a presença deste profissional passa a ser necessária. Os custos de um advogado são definidos em tabelas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de cada estado.

As reclamações devem ser feitas por escrito, com cópias de documento de identidade, CPF, comprovante de residência e outros documentos que embasem o processo. É preciso ter também dados da pessoa acionada, como nome, endereço, nacionalidade e profissão.

Os juizados especiais buscam resolver os processos por meio de acordos. Para isso são chamadas audiências de conciliação. Caso não haja consenso, o juiz responsável pode determinar uma sanção se considerar que o consumidor está correto em seu pleito.

Justiça Comum

Outra opção é apelar à Justiça para resolver um impasse em uma relação de consumo. O consumidor pode recorrer aos juizados especiais cíveis ou acionar o Tribunal de Justiça do seu estado. Para isso, independentemente do valor da causa, é preciso contratar um advogado. Mas nem sempre o juizado especial é mais rápido, pois a agilidade depende da fila de processos.

Site Reclame Aqui

O site Reclame Aqui é um site brasileiro de reclamações contra empresas sobre atendimento, compra, venda, produtos e serviços. É um serviço gratuito, tanto para os consumidores postarem suas reclamações quanto para as empresas responderem a elas. Trata-se de um site no qual consumidores fazem um cadastro de seus dados pessoais e podem enviar reclamações. A política de privacidade do site não permite a identificação do consumidor na publicação das páginas, pois as reclamações feitas são indexadas por motores de busca e visíveis para consulta. O acesso aos dados que foram cadastrados pelo cliente ocorre apenas com a empresa envolvida, para facilitar a busca da resolução do problema. Assim, é transmitida à empresa envolvida um e-mail com os detalhes, caso ela possua um cadastro para respostas no site.

Com os dados gerados, são obtidos rankings automatizados e o Reclame Aqui faz uma avaliação da empresa utilizando diversos critérios próprios. O status máximo de uma empresa no site é possuir o Selo RA 1000, o qual também possui critérios específicos. Os consumidores podem, depois de terem suas questões respondidas pelas empresa, indicar que o problema foi resolvido ou não, além de ter o direito a réplicas e, ao final, mostrar por meio de smiles a sua opinião sobre a resposta da empresa reclamada. A descrição do problema que o cliente publica é avaliada por uma equipe do site antes de ser publicada. Isto ocorre pois sua política não permite conteúdo ofensivo na redação dos usuários

Sobre a Pizza Hut

A Pizza Hut é uma cadeia de restaurantes e franquias especializada em pizzas e massas. Com sede na cidade de Plano, no Texas, a Pizza Hut é a maior cadeia de pizzarias do mundo, com quase 15 mil restaurantes e quiosques em mais de 130 países. a Pizza Hut foi fundada em junho de 1958 por dois estudantes da Universidade Estadual de Wichita, os irmãos Dan e Frank Carney, em Wichita, Kansas, Estados Unidos. A presença internacional da Pizza Hut inclui países como Canadá, México, Índia (não na divisãa Pizza Hut, mas com a marca Yum! India), Bangladesh, Paquistão, Austrália, Reino Unido, Suécia, Espanha, Turquia, Honduras, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Colômbia, Venezuela, Chile, Brasil, Peru e Equador.

Yum! Brands é a maior empresa de restaurantes do mundo, com mais de 40.000 restaurantes em mais de 130 países. Suas marcas KFC®, Pizza Hut® e Taco Bell® são líderes globais em alimentação nas categorias de frango, de pizza e de comida mexicana. Em 2018, foi firmada a parceria com o Grupo Sforza que se tornou master franqueado e representantes das três marcas no Brasil. O Grupo Sforza, pertencente ao Carlos Wizard, atua de forma direta nos negócios que investe. Tem visão de longo prazo e atua dentro de um ambiente de excelência profissional com os mais elevados padrões éticos.

7 thoughts on “Telefone Pizza Hut

  1. Fiz um pedido na Pizza Hut do Shopping Pq Prado Campinas pelo ifood e comprei uma pizza de 12 pedaços com borda e recebi uma pizza de 8 pedaços.
    Entrei em contato com o estabelecimento e me deram uma explicação sem cabimento algum. Me disseram que pela pizza ser com borda é cortada em 8 pedaços.
    Bem estranho, uma vez que, além de pagar adicional de 5 reais pela massa com borda ainda paguei mas caro pelo pizza de 12 pedaços para receber pizza de 8 pedaços.
    Em momento algum no IFood houve alguma observação sobre a explicação dada pelo estabelecimento!!
    Resumindo fui uma consumidora enganada!!
    E gostaria do ressarcimento da diferença para pizza de 8 pedaços!!

    Sem mais,
    Lilian Camargo
    11/07/2020

  2. Cansei de reclamar dessa empresa.
    Hoje, entrei em acordo com minha família e l foi o último dia em que a Pizza Hut entrou em nossa casa ou que fomos a qualquer uma de suas franquias. Chega!

    A falta de respeito e o oportunismo é tamanho que, só mesmo sendo um [MODERADO PELO ADMINISTRADOR DO SITE] para continuar consumindo os produtos dessa empresa.
    Não bastasse o pão cheio de gordura e bordas exageradas, completamente sem recheio, de um tempo para cá passaram a vender pizza sem molho, sem queijo e com o produto principal, que dá o nome a pizza, em quantidade escassa.

    Pelo que se vê, não deve demorar o dia em que essa empresa enviará o Motoboy à casa do cliente apenas com a embalagem de papelão e a máquina de cartão de crédito.

    Já encaminhei diversas reclamações, mas parece que não é feito o menor caso, ao que se conclui: ou não há padrão, ou o padrão é a engambelação e o desrespeito pelo consumidor.

    Minha única curiosidade é: essa [MODERADO PELO ADMINISTRADOR DO SITE] é mundial ou é apenas nesse nosso Brasil do vale-tudo?

    Que fique claro, encerro por aqui a minha relação enquanto consumidor com empresas e empresários desse nível. E tenham certo, além de não consumir mais os produtos dessa má-empresa, não economizarem esforços para fazer propaganda negativa tanto quanto puder. É forma de alertar outros consumidores inocentes, que ainda não observaram a esperteza e se deixam [MODERADO PELO ADMINISTRADOR DO SITE].

    Se vender pão engordurado a sessenta ou mais reais é honesto, me desculpem, devo ter perdido totalmente a noção do que seja honestidade.

    Espero que, um dia, todos os clie tes dos senhores comecem a se dar por conta da [MODERADO PELO ADMINISTRADOR DO SITE].

  3. Faz 4 horas que fiz o pedido pelo Happi e ate agora nada de chegar poderia verificar com urgência absurdo

  4. Eu fiz um pedido pelo RAPPI as 8h33 da noite, dando como estimativa de chegada as 9h03. Acontece que são 22h03 e o pedido não chegou, não bastasse liguei no 0800 por volta de 9h20 uma moca atendeu e disse que o pedido estava saindo para a entrega, entrega que não chegou até agora…. Liguei novamente no 0800 fiquei 5 minutos esperando ser atendida, quando a moça atendeu eu disse o que estava acontecendo e ela desligou na minha cara. Meu namorado teve que ir até la para ver o que estava acontecendo porque o suporte dessa Restaurante não coopera… PÉSSSIMO. QUEREMOS NOSSO DINHEIRO DE VOLTA.

  5. Vimos a propaganda da empresa pizza hut e logo lembramos que fazia muito tempo que não íamos, coisa de 10 anos ou mais. Chegamos na pizza hut na rua das figueiras em Santo André, sentamos na mesa, onde até então não tinha ninguém. Só nos 4…Logo chegou uma moça dizendo que o pedido era no balcão. Ate ai tudo bem. Fiz o pedido e logo chegou meu pedido em cima de um tipo de bandeja. Então o atendente gritou meu nome e deixou a pizza em cima do balcão, onde fui lá e peguei…Disse ao atendente: Como pega nisso? Logo o mesmo me deu um curso de como o fazer. Mais não levou a mesa. Logo chegou outros clientes e de acordo com o pedido eles levavam na mesa. Poxa, vamos até um local com a família é somos tratados com diferenca . Enfim, fiquei triste e continuo muito chateado com uma empresa que frequentava muito quando adolescente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.